1 de julho de 2012

"A Good Old Fashioned Orgy" por Nuno Reis

A juventude é liberdade, loucura, diversão. Pode-se sintetizar na palavra sexo. No últimos cinquenta anos tem-se notado um aumento no grau de liberdade - usemos este eufemismo - que os jovens praticam. mas algures perdida no tempo existe uma geração que nos melhores anos se cruzou com o pânico da SIDA e por isso perdeu as melhores coisas da vida. Quando já trintões se começam a aproximar irreversivelmente da vida adulta, um deles sugere que tenham um último gesto de loucura e façam uma orgia como deviam ter feito há uma década. Isso vai obrigar a repensar todas as relações de amizade e vai colocar todos os problemas a nu. Literalmente.

Mais do que sexo, este é um filme sobre amizade. Um grupo de 8 pessoas que se continuam a reunir desde sempre, aceitando entre eles os apêndices que vão aparecendo e desaparecendo, é um ideal que os jovens perseguem e os adultos não acreditam. Mas além disso ainda terem a confiança e intimidade para fazerem uma orgia que não trará consequências, é uma relação a outro nível. Olhem em volta e pensem se o vosso grupo de maiores e verdadeiros amigos terá esse tamanho e essa cumplicidade, ou alguma vez terá.
Esta ousadia é motivada pela eminente venda do seu centro de operações, um ponto de viragem nas vidas que conhecem. Isso terá os seus impactos na rotina de convívio, podendo até prenunciar o final da amizade. Convencer as pessoas a participar, garantir que se manterá a casa até à data, saber o que é suposto fazer numa situação dessas... E enquanto isso ir vivendo, conhecer pessoas, trabalhar, crescer. Uma imensidade de temas mais ou menos sérios camuflados numa comédia ousada. No final de contas é um filme com muito mais do que parece. É sobre a vida adulta e o olhar para trás. Esta orgia pode fazer pensar numa crise de meia-idade precoce, mas na verdade é sobre fechar um capítulo e não partir com arrependimentos por causa de um tabu. É um carpe diem de uma geração que precisava de gritar.

O tema escolhido faz com que não seja filme para todos. Muitos se recusarão a ver com a cara-metade ou com os tais amigos especiais. Aliás, com este título, mesmo o acto de comprar ou alugar pode ser um pouco embaraçoso. Mas deve ser visto, nem que seja por “coincidência” na televisão. Mesmo sem preparação é capaz de fazer pensar na vida e em tudo o que é importante, enquanto proporciona um bom entretenimento.

A Good Old Fashioned OrgyTítulo Original: "A Good Old Fashioned Orgy" (EUA, 2011)
Realização: Alex Gregory, Peter Huyck
Argumento: Alex Gregory, Peter Huyck
Intérpretes: Jason Sudeikis, Leslie Bibb, Lake Bell, Michelle Borth, Nick Kroll, Tyler Labine, Lindsay Sloane, Martin Starr, Rhys Coiro, Will Forte, Lucy Punch
Música: Jonathan Sadoff
Fotografia: John Thomas
Género: Comédia
Duração: 95 min.
Sítio Oficial: http://www.agoodoldfashionedorgy-movie.com/

Sem comentários: